Culinária portuguesa: fartura e riqueza de ingredientes


Sem Portugal, nós não seríamos o que somos hoje. Foram os portugueses que nos “descobriram” e influenciaram o nosso país com o idioma, a religião, a arquitetura e os hábitos. Mesmo depois de tanta miscigenação, Portugal ainda é muito influente no Brasil, principalmente quando o assunto é a culinária.

Engana-se quem pensa que a culinária portuguesa é fruto de um único país. Antes de nos influenciar, ela também sofreu significativas influências mouras e espanholas, completando seus sabores e aromas e se transformando em uma culinária inconfundível, única e muito apreciada.

Mesa farta

A favorável localização de Portugal, no Atlântico Norte, faz a sua culinária ser farta e rica em sabores do mar, como peixes e mariscos. Sardinha, robalo, vôngole e lula são presença garantida na mesa dos portugueses. Além das comidas do mar, o que vem da terra também é muito apreciado por lá.
Azeites, azeitonas e vinhos de alta qualidade são marcas registradas da culinária local, que também conta com muitos ovos, açúcar, carne de porco, embutidos, queijo de ovelha, fava, batata, couve, tomate e frutos secos, além de ervas e especiarias em seu cardápio. São tantos sabores que não há quem resista às delícias portuguesas.

Bacalhau e vinho

O bacalhau, símbolo da culinária portuguesa, ao contrário de que muitos pensam, não é pescado em águas lusitanas. Originário da Noruega, o peixe é a cara da culinária portuguesa. Existe até uma brincadeira que diz que os portugueses têm uma receita de bacalhau para cada dia da semana, tamanha a sua influência.

Junto com a cultura, também herdamos o hábito de comer bacalhau em datas festivas, como na Sexta-Feira Santa e no Natal. Além dos tradicionais pratos, como o Bacalhau a Gomes de Sá, o bolinho de bacalhau faz parte do nosso dia a dia e é pedida certa em bares e restaurantes especializados.

Além do bacalhau, o vinho é uma constante nas casas portuguesas. A vitivinicultura é praticada em várias regiões do país desde a dominação romana e faz de Portugal o 5º maior produtor mundial da bebida. É na região do Douro, ao norte do país, que se concentra a maior parte da produção, e também na ilha da Madeira, no Atlântico.

Azeite

Item principal da dieta mediterrânea, o azeite de oliva é item obrigatório nas receitas portuguesas, como o próprio bacalhau, peixes, sopas e caldos. Com vastas plantações de oliveiras, Portugal está entre os 10 maiores produtores de azeite no mundo.

Doces

Rica em ovos e açúcar, a doçaria portuguesa tem origem nos conventos e mosteiros. Como a hóstia é feita à base de claras de ovos, era comum que as gemas sobrassem e, para não desperdiçá-las, juntavam-nas com o açúcar, resultando em deliciosas receitas como os pastéis de nata, ovos moles, pastéis de santa clara, pudins, entre outros.

Para você que adora as delícias portuguesas, separamos algumas receitas para preparar em casa:

Receita de bacalhoada

Linguiça artesanal

Pudim de leite

E pra você, qual prato da culinária portuguesa seria legal encontrar no AmoKitchenAid?

 

Nenhum comentário


Artigos Sugeridos

Todos os Posts